fbpx

PROCV com SE

Combine duas das funções mais populares do Excel

PROCV COM SE

Neste tutorial você vai aprender a combinar a PROCV com SE para criar fórmulas mais flexíveis e “inteligentes”.

Imagine uma planilha como esta a seguir (ao final da postagem coloco o link para você baixá-la):

Neste exemplo vamos combinar o PROCV com SE para selecionar, além do ano, qual das colunas de valor desejamos utilizar.

Então teremos estas 2 seleções na planilha:

Na célula F2 vamos selecionar o ano desejado e na célula E3 a coluna que queremos ver.

Nestas 2 células usaremos a validação de dados para evitar que digitemos alguma coisa errada.

Para criar a validação vamos na célula F2 e em seguida clicamos em DADOS > VALIDAÇÃO (se quiser saber mais sobre este recurso siga este link).

Na tela que surgir vamos configurar a validação para o tipo LISTA e em FONTE (dependendo da tua versão de Excel o nome pode ser ORIGEM), vamos selecionar o intervalo com o número dos anos (clique na imagem para vê-la maior):

Vamos dar OK e depois fazer o mesmo com a lista de tipo de informação (a validação será inserida na célula E3):

COMBINANDO O PROCV COM SE

Uma vez criada as validações nós iremos fazer a combinação de PROCV com SE para que, dependendo do que selecionarmos na célula E3, venha o valor desejado.

Primeiramente vamos entender como funciona o PROCV:

=PROCV (VALOR PROCURADO; ÁREA ONDE FAZER A PESQUISA; NÚMERO DA COLUNA A SER TRAZIDA ; TIPO DE BUSCA)

O VALOR PROCURADO corresponde ao ANO, que será informado na célula F2.

A ÁREA DE PESQUISA é a área completa, que possui as informações que a função deverá procurar (a coluna de anos) e o que desejamos trazer (as colunas B e C).

O NÚMERO DA COLUNA A SER TRAZIDA dependerá de qual coluna queremos. Se quisermos o TOTAL DE MAMOGRAFIAS, a coluna será a 2ª; se for o VALOR APROVADO será a coluna 3 (as colunas são contadas a partir da coluna onde os anos são pesquisados.

[et_bloom_inline optin_id=optin_10]

O TIPO DE BUSCA é onde dizemos se a função deve pesquisar EXATAMENTE o que queremos ou se é para pesquisar por algo PARECIDO com o que queremos. No caso, não queremos que a função procure um ano parecido com nossa seleção, nós queremos que pesquisa EXATAMENTE O ANO QUE INFORMARMOS.

Já a função SE possui os seguintes argumentos:

=SE (PERGUNTA A SER RESPONDIDA; O QUE FAZER SE A RESPOSTA FOR SIM; O QUE FAZER SE A RESPOSTA FOR NÃO)

A PERGUNTA A SER RESPONDIDA é uma questão onde somente se permita uma resposta SIM ou NÃO. Por exemplo, não poderíamos perguntar como está o tempo; deveríamos perguntar algo mais preciso do tipo “está chovendo?”. Note que no segundo caso somente são permitidas como resposta o SIM e o NÃO.

No nosso exemplo vamos “perguntar” se na célula E3 está escrito a mesma coisa que está escrito na célula B1. Se a resposta a isto for SIM entã0 coluna a ser trazida será a 2, caso contrário será a coluna 3 (não vamos perguntar se está escrito a mesma coisa que está na célula C1 porque só temos 2 respostas disponíveis, então se uma for válida a outra será automaticamente NÃO – como no exemplo da chuva: se a resposta à pergunta está chovendo?” for SIM, então automaticamente NÃO estará chovendo…).

Esta função SE ficará dentro do PROCV, no argumento correspondente ao número da coluna a ser trazida.

Nossa função SE ficará assim:

=SE(E3=B1;2;3)

E será lida como “se o valor da célula E3 for igual ao valor da célula B!, então traga o valor 2; caso contrário o valor 3”.

E o nosso PROCV ficará:

=PROCV(F2;A1:C9;SE(E3=B1;2;3);0)

A célula F2 contém o número do ano que vamos pesquisar.

A1:C9 é a área onde estão as informações a serem buscadas e trazidas

A função SE vai determinar se devemos retornar a coluna 2 ou 3.

O zero significa que queremos que a função PROCV busque exatamente o número do ano.

No final, teremos isto:

Já que estamos por aqui…

Este exemplo de PROCV com SE vai funcionar direitinho DESDE QUE os campos não fiquem em branco. Se o tipo de dado estiver em branco, varemos isto:

Se não informarmos o dado, a função irá trazer a coluna 3 (lembre-se de que a função SE só verifica se o que está escrito naquela célula é igual ao que temos na célula B1 – se estiver em branco ele não fará nada). Então, precisamos evitar de mostrar algum valor na célula de resultado para não confundir quem for ver aquela informação.

Isto pode ser feito de diversas formas. Vamos para a mais simples, que será colocar um alerta abaixo da célula onde escolhemos que tipo de informação. Ela ficará assim:

Na função SE da célula E4 vamos checar se a E3 está em branco (representado pelo “”). Se estiver em branco, a função mostrará o alerta. Se não estiver em branco ele não mostrará nada.

E se não informarmos o ano, o que acontece?

Dá erro, porque o PROCV vai procurar o ano vazio na lista…e ele não existe.

Para resolver isto vamos colocar um tipo de função SE junto do PROCV, que é a função SEERRO. Ela checa se determinada fórmula dá erro; se der erro escolhemos o que ela deve fazer, se não der erro, o cálculo da fórmula será feito normalmente. Veja:

=SEERRO(PROCV(F2;A1:C9;SE(E3=B1;2;3);0);0)

A função SEERRO irá aninhar o PROCV, pois ela checará exatamente se o PROCV está funcionando. O 0 no final dela é o que queremos mostrar se o PROCV der erro.

BAIXE AQUI O ARQUIVO DE EXEMPLO

OUTRAS ALTERNATIVAS AO PROCV COM SE

Dependendo do que você precise fazer, talvez possa fazer diferente, usando outras combinações de fórmulas.

Recomendo alguns artigos para você poder selecionar o método mais funcional para seu caso:

Licença Creative Commons

OUTROS ARTIGOS DE INTERESSE

quatro motivos para voce parar de usar o procv

quatro motivos para voce parar de usar o procv

Já são 40 anos de idade O Excel 1.0 foi criado em 1982. São quase 40 anos de existência. Apesar de ter começado minha carreira usando o Excel 5.0 tenho certeza de que a função PROCV existia nela (pelo menos no 5.0 tinha!). Então estamos hoje, no séc. XXI obcecados em...

ler mais
Como utilizar a Função Filtro

Como utilizar a Função Filtro

Certamente você no mínimo já ouviu falar do recurso de FILTRO do Excel. Nele você consegue mostrar somente linhas de uma planilha que atendem a um ou mais critérios. Além disso você poderia usar também o filtro avançado, cuja principal diferença é a possibilidade de...

ler mais

Função PROCX

Como usar a função PROCX Recentemente a Microsoft incluiu uma nova função em seu arsenal de funções de procura a referência, a função PROCX. Além de servir como um substituto para o famoso PROCV, ela também utiliza a nova funcionalidade, que é apresentar a resposta em...

ler mais
Fabio Vianna
Siga-Me
Nossas Redes Sociais
Facebook
Linkedin
Instagram
Youtube