FUNÇÃO NPER NO EXCEL: O QUE É E COMO CALCULAR

Função financeira para determinação da quantidade de períodos em um fluxo de caixa

FUNÇÃO NPER

Chegamos a outra função financeira de nossa série, que é a função NPER.

Ela serve para determinarmos a quantidade de períodos (dias, meses, etc) em um determinado fluxo de caixa, coo por exemplo: quanto tempo demoro para ter R$1 milhão, investindo R$1.000 todos os meses. Ou ainda: posso pagar R$500 mensalmente para quitar uma dívida de R$3.500. Qual a quantidade de parcelas a pagar?

Se não tivéssemos o conceito de valor do dinheiro no tempo bastaria dividir o valor total pelo valor da parcela para sabermos a quantidade de parcelas, mas como temos os juros, precisaremos de uma função para nos auxiliar nisto, que é a função NPER.

Vamos a um exemplo (clique na imagem para ver maior)

(o link para a planilha de exemplos está ao final da postagem)

Imaginemos que, neste exemplo, tenhamos uma dívida no valor de R$1.000, e dispomos de R$120 mensais para amortizá-la. Considerando uma taxa de juros de 1% ao mês, queremos saber quantas parcelas devemos pagar para podermos quitar esta dívida.

Uma vez que temos juros neste financiamento, nós precisamos ajustar os valores de R$120 para o momento inicial, usando a taxa de 1%, conforme apresentado.

Com isso, precisaremos pagar 8 prestações e ainda restará R$81,80 na 9ª prestação. Como o valor calculado da 9ª prestação é de R$109,72, queremos dizer que teremos que pagar R$81,80 / R$109,72, o que dá, aproximadamente, 0,74. A resposta será então de 8,74 parcelas.

Calculando usando a função NPER

A função NPER possui a seguinte sintaxe:

=NPER(TAXA DE JUROS; VALOR DA PRESTAÇÃO/PARCELA; VALOR PRESENTE; VALOR FUTURO; TIPO DE FLUXO)

  • TAXA DE JUROS: É a taxa correspondente à medida de tempo do fluxo de caixa. Se estivermos falando de parcelas mensais então a taxa de juros deverá ser ao mês; se for anu, a taxa será anual, etc.
  • VALOR DA PRESTAÇÃO / PARCELA: Corresponde ao valor a ser pago/aplicado a cada período de tempo (mês, ano, etc)
  • VALOR PRESENTE: Valor no momento atual do principal / valor contratado
  • VALOR FUTURO: Valor residual do fluxo de caixa
  • TIPO DE FLUXO: Se as parcelas ocorrem no início ou no final do período. O padrão é sempre ao final do período.

No exemplo usado acima, teríamos:

Outros exemplo:

Exemplo 1: Quantos meses são necessários para se acumular R$1 milhão, dispondo de R$1.500 mensais, a uma taxa de juros de 1% ao mês:

Exemplo 2: Você tem uma dívida de R$ 50 mil e pode pagar R$10mil por mês. Quantas parcelas serão necessárias, considerando uma taxa de 2% ao mês?

A planilha com os exemplos você pode baixar aqui.

Licença Creative Commons

OUTROS ARTIGOS DE INTERESSE

Limpeza de Dados no Excel – PARTE 1

LIMPEZA DE DADOS NO EXCEL - IMPORTANDO, EXCLUINDO E PROMOVENDO LINHAS Nesta primeira parte da sequência vamos apresentar a ferramenta de PowerQuery (ou Obter e Transformar dados no Excel 2016). No Excel 2010 e 2013 você precisará instalá-lo. Siga as instruções que...

ler mais

Seis perguntas a fazer antes de se criar um Dashboard

SEIS PERGUNTAS A FAZER ANTES DE SE CRIAR UM DASHBOARD Você ou seu gestor pediu para criar um Dashboard. Provavelmente no Excel ou no PowerBI. Este artigo mostrará as 6 perguntas que você deve fazer ANTES de criar um Dashboard - independente de onde ele será feito. Se...

ler mais
Fabio Vianna
Siga-Me

Fabio Vianna

Modela planilhas deste 1994 e ministra treinamentos desde 1997.
Especialista em Modelagem Profissional de Planilhas, incluindo Dashboards no Excel.
Fabio Vianna
Siga-Me