Gráfico de Tornado no Excel – Como Fazer

A Microsoft adicionou alguns novos tipos de gráficos no Excel. Neste texto mostrarei como criar um gráfico de tornado no Excel.

Um deles é o chamado Gráfico de Tornado. Nesta postagem mostrarei como fazer um gráfico de tornado usando a versão 2016 do Excel (onde ele já aprece) e usando versões anteriores do Excel.

Este gráfico é comumente utilizado em funil de vendas para indicar o caminho do lead naquele funil.

Mostrarei também o problema que temos ao usar este tipo de gráfico.

Baixe aqui a planilha

O que é um Gráfico de Tornado

Ele tem este nome porque se assemelha ao formato de um tornado (a parte superior maior e a inferior menor) e é tipicamente utilizado para se analisar o quanto algumas variáveis são sensíveis a partir de uma mesma premissa.

Por exemplo, imagine que você queira saber a variação na margem de diversas unidades de negócio a partir de uma variação de 5% no dólar.

Temos uma premissa única – 5% de variação no dólar –  e diversas unidades de negócio cujas margens queremos analisar.

Para cada uma delas você irá calcular a margem antes de considerar esta variação e depois de considerar esta variação.

Neste exemplo hipotético teríamos os seguintes valores:

 

gráfico de tornado no excel

Imagine que queiramos apresentar graficamente qual região apresentou maior sensibilidade à variação do dólar.

A primeira coisa a fazer é classificar as diferenças. Então, clicamos sobre a coluna de variação e em seguida vamos em Dados > Classificar e escolhemos a classificação decrescente:

 

gráfico de tornado no excel

Agora temos a tabela ordenada corretamente. A partir dela vamos criar um Gráfico de Tornado no Excel.

Construindo o  Gráfico de Tornado no Excel (2016)

Vamos inicialmente criar o gráfico de tornado no Excel 2016.

Se você não tem essa versão, veja como fazer o gráfico tornado no Excel mais antigo mais abaixo.

Agora, selecionamos somente o intervalo com as variações.

Em seguida, clicamos em Inserir > Gráfico e clicamos no botão de Gráfico de Cascata / Ações. Veja:

gráfico tornado no excel 2016

Agora, clicamos no ícone do tornado, que aqui ele chama de “Funil“:

gráfico tornado no excel 2016

Veja que está quase pronto. Ele já apresentou as informações em ordem decrescente e colocou seus valores no gráfico. Falta apenas substituir a numeração do eixo pelos nomes das Unidades de Negócio.

Para isto, clicamos em cima do gráfico com o botão direito e selecionamos “Alterar Dados“:

gráfico tornado no excel 2016

Na tela que surgir, clicamos em “Editar” que está em “Rótulos do Eixo Horizontal“:

gráfico tornado no excel 6

Na tela seguinte, selecionamos o intervalo onde aparecem os nomes das Unidades de Negócio:

gráfico tornado no excel 7

Agora basta ir dando OK para retornarmos ao Gráfico de tornado no Excel. Você pode ir no menu Design (canto superior direito, como gráfico selecionado) e escolher um layout diferente. Também pode alterar o título e formatar cada componente de forma independente, para que este Gráfico de tornado no Excel fique de acordo com sua necessidade:

grafico tornado no excel 8

Gráfico de tornado no Excel 2013 e anteriores

Em versões anteriores não havia este tipo de gráfico disponível. Mostrarei a seguir como fazê-lo, caso você ainda não tenha o Excel 2016.

Vamos partir da tabela original, já classificada. Precisaremos criar duas colunas extras que serão a base para o gráfico. Vamos criar um gráfico de barras empilhado para cada uma das Unidades de Negócio. Veja:

gráfico tornado no excel

Em primeir lugar, precisamos calcular o valor da maior fatia. Como o gra´fico de tornado fica com suas barras centralizadas, a “barra-guia” será a de maior valor. É ela quem vai tocar no eixo vertical.

Na célula B10 calculamos o máximo do intervalo de valores.

Agora precisamos fazer com que as demais barras fiquem centralizadas em relação à barra principal. O 2º maior valor e 140. Significa que temos que ter 70 para cada lado, isto é, essa barra vai centralizar no valor de 70 (140 dividido por 2).

Ela não pode começar colada no eixo vertical, senão não vai centralizar. A 1a barra tem 240 para cada lado. Então pra a 2ª barra, temos que subtrair metade do seu valor (70) do tamanho da metade da 1ª, o que dá 170. É como se tivéssemos uma barra “invisível” (e no final teremos…) no valor de 170 e em seguida começa a barra de 140. Assim a 2ª barra não gruda no eixo, já que estará deslocada para a direita no valor de 140. É esta a fórmula que aparece na coluna F, de nome “Fatia 1”.

A Fatia 2 nada mais é do que a barra daquela Unidade de Negócio e será adicionada à barra da Fatia 1.

Para ficar mais fácil a montagem do Gráfico, resumirei os dados que deverão estar nele em uma tabela resumo, como abaixo:

gráfico tornado no excel

Ela apenas tme um monte de sinal de igual aos valores originais.

Para fazermos o gráfico, selecionamos o intervalo que vai de A13 até C18 e clicamos em Inserir > Gráfico e clicamos no ícone do gráfico de colunas. Ele abrirá outros tipos, e teremos lá dentro o de Barras Empilhadas. Veja:

gráfico de tornado no excel

Nosso gráfico de tornado no Excel está quase pronto. Veja que a barra laranja será o gráfico, e a azul deverá ficar “invisível”.

Vamos começar removendo a legenda (clique nela e dê DEL).

Depois clique sobre a barra azul com o botão direito do mouse e vá em Formatar Série. Vamos na guia de preenchimento para deixá-la invisível. Em Preenchimento escolhemos Sem Preenchimento e em Borda escolhemos Sem Borda:

gráfico tornado no excel

Ainda nesta tela, vamos na guia de opções de gráfico:

Screenshot_2

Para deixarmos a barra deste gráfico de tornado no Excel maior, reduzimos a Largura do Espaçamento. No exemplo, usarei 20%. Se quiser formate a barra laranja do jeito que preferir.

Agora, vamos adicionar o valor dentro da barra. Clique sobre ela com o botão direito do mouse e selecione a opção Adicionar Rótulos de Dados:

gráfico de tornado no excel

Ele irá inserir os valores em todas as barras (no Excel 2016 nas menores o valor não aparece). Como fica em cima, você pode deslocar os rótulos para outra posição. Clique sobe os valores com o botão direito do mouse e selecione Formatar Rótulo:

gráfico de tornado no excel

No exemplo acima, coloquei-os na Base Interna.

Agora falta ordenar as barras, já que elas estão em ordem inversa. Para isto, clique sobre o nome da Unidade de Negócio com o botão direito do mouse e escola Formatar Eixo. Na tela que surgir, selecione o ítem Categorias em Ordem Inversa:

gráfico de tornado no excel

Agora, basta apagar o eixo de valores (clique nele e dê um DEL), que nosso Gráfico de Tornado no Excel está finalizado. Dá mais trabalho, mas é melhor do que o feito no Excel 2016, como mostrarei a seguir.

Problema com o Gráfico de Tornado no Excel 2016

Encontrei (até agora) um problema com o gráfico de tornado no Excel 2016.

Ele não funciona se tivermos valores negativos

É possível que em alguns cenários você tenha variações negativas. Veja o exemplo:

gráfico de tornado no excel

Note que ele não plota os valores negativos. Se usarmos o método para versões anteriores dá para mostrar:

 

gráfico de tornado no excel

Você precisará formatar o eixo vertical e em Posição do Rótulo colocar Inferior, para que o rótulo se desloque para a direita.

O que achou deste gráfico? Já usou? Comente aqui embaixo!

 

 

Comentários
Fabio Vianna
Siga-Me

Fabio Vianna

Modela planilhas deste 1994 e ministra treinamentos desde 1997.
Especialista em Modelagem Profissional de Planilhas, incluindo Dashboards no Excel.
Fabio Vianna
Siga-Me

Últimos posts por Fabio Vianna (exibir todos)

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE