Sai pra lá, Excel!

 

Eu (Fábio Vianna)  e o Excel

Nem preciso dizer o quanto o Excel faz parte da minha vida.

Mexo com ele desde 1994, com 21 anos. São (mais de ) 20 anos fazendo de tudo e na maioria dos casos, certas (nem sempre as coisas deram e dão certo, paciência…).

Há 8,9 anos comecei a estudar Infovis / Visualização de Informação, tendo criado o curso de Dashboards quando as pessoas ainda nem sabiam o que isto significava. Hoje, esta palavra é muito mais comum, é uma palavra forte e que impões respeito: “Chefe, olhe meu Dashboard” x “Chefe, olha o relatório”…

Então, não fiquei louco e ainda dou um valor grande a este maravilhosa ferramenta (sorry, haters).

Mas temos um pequeno porém: ele é, e sempre será APENAS UMA FERRAMENTA.

Excel é ferramenta. Ponto.

O Excel sempre será uma ferramenta. Com ela. você vai construir planilhas, gráficos, dashboards, relatórios, macros e tudo o que você quiser. Tem até um louco que faz arte no Excel.

Nos meus cursos (de Dashboards e Relatórios especificamente) vejo os alunos preocupados excessivamente em saber como fazer determinado gráfico, em montar uma tabela dinâmica com um determinado layout.

CALMA!

Poxa, mas será que você precisa de um gráfico de barras? Será que precisa de um gráfico?

Procura-se operador de planilha eletrônica

Mude o foco: se você acha que fazer dashboard é apenas fazer uns gráficos diferentes, então parabéns, você virou um OPERADOR DE PLANILHA ELETRÔNICA.

Porque você considera a ferramenta mais importante do que a informação que deseja transmitir.

Não importa a ferramenta se você tem o conceito. Vejo muitos profissionais se gabando de conhecerem profundamente o Excel (e conhecem!) mas fazem um relatório com 10 páginas e chama de Dashboard. Fazem um gráfico de pizza com 5 fatias.

Mas faz rapidinho no Excel, usa bordas, preenchimento, 3d, tudo de direito.

Pena que aquilo não funciona.

Ele sabe o que o Dashboard precisa responder? Ele fez uma análise exploratória dos dados? Ele sabe quem vai ler aquele Dashboard?

“Ah não, mas faço rapidinho no Excel. Quer ver?”

Ferramentas, ferramentas…

Faça uma busca rápida no google acerca de ferramentas de visualização e veja quantidade de ferramentas à disposição.

Note que o Excel é mais uma dentre dezenas, talvez centenas (ele não é a melhor, mas é a mais intuitiva e que você já tem, não precisa comprar nada).

Então, quando for fazer um Dashboard ou até mesmo um relatório, esqueça o Excel, até ter certeza do que quer. Depois disto vá até ele e construa seu Dashboard.

Se ficar pensando na ferramenta antes de ter certeza do que quer, dança!

Comentários
Fabio Vianna
Siga-Me

Fabio Vianna

Modela planilhas deste 1994 e ministra treinamentos desde 1997.
Especialista em Modelagem Profissional de Planilhas, incluindo Dashboards no Excel.
Fabio Vianna
Siga-Me

Últimos posts por Fabio Vianna (exibir todos)

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE